Pular para o conteúdo principal

Três segredos extraordinários sobre violão, e seis tipos interessantes de violão

1) Nome do violão

Em outros países que não falam a língua portuguesa, o nome do Violão é guitarra, em inglês diz-se Guitar, em francês Guitare, em alemão Gitarre, em italiano Chitarra e, em espanhol Guitarra.
No Brasil, quando fala a palavra guitarra, estamos nos referindo a um instrumento elétrico chamado guitarra elétrica, isto porque os portugueses que introduziram esse instrumento no Brasil possuem um instrumento que se assemelha muito aoviolão e que  equivale á nossa “Viola Caipira”.
Os portugueses possuem um instrumento que possui as mesmas formas e características do Violão, sendo apenas pouco menor, denominado  de viola portuguesa, quando os portugueses viram a guitarra espanhola, que era igual a sua viola (apenas um pouco maior), colocaram o nome do instrumento no aumentativo, de viola para violão.

2) Postura do violonista 


Para se tocar violão, um detalhe importante que cabe se observado é a postura. Uma boa postura é fundamental para que o aprendizado se dê de forma eficiente.
É fundamental estar sentado de maneira confortável em um local bem iluminado, arejado e sem ruídos externos que venham a atrapalhar o som do instrumento.
A princípio deve-se manter a coluna retilínia e os músculos relaxados. Daí então, apoia-se a mão esquerda de forma a segurar o violão apenas com o polegar na parte de trás do braço do instrumento.
Enquanto isso, a mão direita deve fiar apoiada apenas por meio do antebraço em cima do corpo do violão. Fazendo isso, as pontas dos dedos terão mobilidade suficiente para tocar todas as cordas.
Ao manter a boa postura ao tocar o violão, você não correrá riscos de sentir dores nos membros superiores ou sofrer com distensões musculares e tendinites.
Aprenda as posturas corretas para se tocar violão

3) Tipos de violão

Violão Clássico:
É o modelo mais vendido no mundo, como sugere o nome. Nesse modelo são usadas cordas de nylon. É um violão de baixo custo, mais leve e macio, sendo ideal para iniciantes. Além disso, as cordas de nylon machucam menos os dedos com a prática. É muito utilizado para música clássica, MPB, samba, entre outros estilos musicais.

violão clássico

Violão Folk:
Esse modelo possui um corpo maior que o normal e são levemente acinturados. Possuem uma caixa maior, o que deixa o timbre mais encorpado, ideal para sons mais graves. O braço desse modelo é um pouco mais fino e nele são utilizadas cordas de aço, que são mais tensas e podem dificultar um pouco o desenvolvimento da mão esquerda (caso pratique como destro). Os ritmos mais utilizados são pop/rock, por ter um som mais metalizado.



Violão Jumbo:
Este modelo passou a ser mais conhecido quando Elvis Presley o utilizou. É parecido com o modelo clássico, porém seu corpo é maior e mais largo. Possui um som mais grave, envolvente e equilibrado. É muito utilizado para blues, pop, rock, entre outros.

Resultado de imagem para violão jumbo giannini
Violão Flat e Semi-Flat:
Os violões flats são mais finos, comumente usados em MPB, músicos profissionais e e música erudita. Normalmente são utilizadas cordas de nylon, possibilitando um timbre mais suave, porém, nesse modelo, dependendo da equalização também é possível um timbre mais estridente e grave. O semi-flat, entretanto, é um modelo que possuem a lateral um pouco maior que o flat.

Receba surpreendentes aulas de violão e conheça os segredos dos grandes músicos.

Imagem relacionadaResultado de imagem para violão flat tagima
Violão de doze cordas 
É um tipo de violão   com 12 cordas  em seis cursos, com uma maior variedade de som do que um violão tradicional de seis cordas. Essencialmente, é um tipo de guitarra com um natural efeito de chorus devido às diferenças sutis nas frequências produzidas por cada uma das duas cordas em cada curso sendo tradicionalmente afinada em EE-AA-DD-GG-BB-EE sendo que B-E são unissonas e E-A-D-G são uma oitava acima da afinação normal.
Resultado de imagem para violão 12 cordas

violão de 7 cordas é um instrumento musical, consistindo de uma alteração do violão  tradicional (com 6 cordas) ao adicionar uma corda, mais grave que as demais. Originalmente, a corda adicionada era uma de violoncelo , afinada em dó , e necessitava o uso de uma dedeira no polegar. Mais tarde começou-se a usar uma corda grave, afinada em si  ou em lá, feita como as demais cordas graves (bordões) do violão. Muitos violonistas utilizam, no choro, a sétima corda afinada em dó visto que existem muitos choros na tonalidade de dó e poucos em si. 
Resultado de imagem para violão 7 cordas

E você, que tipo de violão quer aprender a tocar? Se gostou das dicas compartilhe.
Acesse as aulas de violão Aqui

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aprenda hoje com Mário Sales

Aproveite para conhecer o professor de violão Mario Sales, um  verdadeiro  especialista em violão. Aprenda seu atual método simplificado de violão, e tenha sucesso desenvolvendo músicas e louvores sem depender de ficar preso às cifras de um caderno. Matrícula aqui.

Veja mais

Franquia barata

Franquia 100% On Line!
COMO FUNCIONA UMA FRANQUIA ON LINE 
 1) Você se cadastra 
2) Você divulga sua Loja Virtual / E-commerce 
 3) Pessoas visitam a pagina exclusiva com a SUA MARCA!
 4) Escolhem o produto e compram 
 5) Você libera o pedido para nossa equipe produzir, embalar e enviar o pedido na casa do cliente e PRONTO! 
 6) VOCÊ LUCRA! clique abaixo para conhecer: 
Saiba mais aqui

CAMISETAS DA HORA CONQUISTE DE 4 A 44 MIL REAIS POR MÊS, SEM RISCO DE PERDER DINHEIRO! DESCUBRA COMO TER O SEU NÉGÓCIO ON-LINE E TOTALMENTE SUSTENTÁVEL, SEM RISCO DE PREJUÍZO, PRONTO PRA VOCÊ COMEÇAR A FATURAR EM 30 DIAS.